Qual seleção leva o título mundial de volei feminino 2010 ?

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Resultados da quarta rodada do campeonato mundial (primeira fase)

GRUPO A: As donas da casa venceram mais uma, Costa Rica foi a vitima da vez, agora as japonesas decidem o primeiro lugar do grupo contra a Servia, que venceu a Argélia. A polônia é detentora da terceira vaga, peru e Costa Rica decidem a ultima vaga.

GRUPO B: O Brasil jogou mal, mas venceu Porto Rico e é o único invicto do grupo, já que as italianas foram surpreendidas e perderam de virada a República tcheca. A Holanda venceu o Quênia e está em terceiro, mas com o mesmo numero de pontos que a República Tcheca.

GRUPO C: Os Estados Unidos confirmaram a boa fase e venceram o Cazaquistão por 3x0. Cuba ainda respira no mundial após a vitoria por 3 sets a 0 sobre a Tailândia, agora Cuba pega as americanas, precisando da vitória e torcendo para que o Cazaquistão vença a Croácia, caso isso não aconteça a decisão vai para o set average. A Alemanha segundo do grupo venceu a Croácia por 3 a 0.

GRUPO D: Em Osaka, a China se reergueu e conseguiu a classificação após dois tropeços, vencendo a República Dominicana por 3 sets a 0. A Rússia venceu a Coréia do Sul por 3 sets a 1, e se mantém na ponta do grupo invicto, as coreanas mesmo com a derrota conseguiram se classificar. A Turquia se confirmou na próxima etapa vencendo o Canadá no tié brake.

Fotos: (GLOBO.COM)

Brasil joga mal, mas vence Porto Rico e se mantém invicto.

                               De longe a atuação que todos esperavam da seleção brasileira, depois de arrasar a Holanda, o Brasil joga feio, venceu, se manteve no topo do grupo, mas não convenceu ninguém, ao menos José Roberto Guimarães, após a partida o técnico revelou: “O jogo foi horrível”.
O JOGO
                Jogando em Hamamatso, o Brasil começou explorando muito as pontas, Fabíola que entrou como titular, não estava com a pontaria tão precisa na partida. Natalia foi a jogadora mais acionada, e foi a maior pontuadora da partida com 15 acertos. Porto Rico que já havia enfrentado o Brasil na Grand Prix, não tinha muitas armas no jogo, a ponteira Aurea Cruz era a principal atacante da equipe caribenha, pontuou bastante, mas sozinha não dava pra vencer o jogo.
                Sheilla praticamente não jogou, fez um primeiro set apagado, mas a culpa não é só dela, a atacante não recebia bolas, Fabíola jogava muito na entrada, principalmente com Natalia, as meios de rede também não apareceram muito no jogo, Thaísa que praticamente não foi acionada no jogo, ficou irritada e chegou a dar uma bronca em Sheilla e fez cara de poucos amigos quando Fabíola insiste com bolas na saída e não as jogava no meio. A capitã Fabiana, fez uma partida morna, mas muito sem vibração, alias esse quesito foi praticamente esquecido pela seleção na partida. Jaqueline fez novamente uma partida boa no fundo de quadra, e ficou a desejar nos ataques.
                 A alegria que contagiou a seleção contra a Holanda ficou no hotel, o time estava apático, sem energia, mas no final a vitória por 3 sets a 0, veio no ataque de Fernanda Garay, que entrou no fim da partida, no balanço final, o resultado não foi tão ruim assim, Brasil líder do grupo, já classificado para a próxima fase, invicto e agora pega as Italianas já classificadas mas que perderam a invencibilidade para a República Tcheca.
                                     Sheilla passando pelo bloqueio de Aurea Cruz

Foto: (divulgação/FIVB)